Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Preço médio do feijão aumenta 138,8% em Campina Grande, diz Procon

Levantamento foi realizado pelo Procon Municipal e leva em consideração preços de setembro de 2018 a fevereiro de 2019

O preço médio do feijão sofreu um reajuste de 138,8%, de setembro de 2018 a fevereiro de 2019, conforme levantamento feito pelo Procon de Campina Grande, que foi divulgado sexta-feira (8). De acordo com o órgão, o produto passou de foi encontrado a um preço médio de R$ 3,04 em setembro do ano passado e agora está custando, em média, R$ 7,26. O preço atual está variando entre R$ 6,29 e R$ 8,39.


“Verificamos que de setembro a dezembro de 2018, o produto vinha apresentando um reajuste de centavos em seu preço médio. Ao virar o ano, o feijão se mostrou R$ 1,50 mais caro, em relação ao mês anterior. E agora, de janeiro para fevereiro, o reajuste foi de R$ 2. Era R$ 5,26 e agora o quilo está em R$ 7,26”, explicou o coordenador do Procon Municipal, Rivaldo Rodrigues.

O levantamento ocorreu em dez estabelecimentos da cidade, na última na terça-feira (6), e a pesquisa completa pode ser acessada no site do Procon de Campina Grande.

Outros produtos
Segundo o Procon, outro item que apresentou um aumento considerável em seu preço médio foi a batata inglesa, cujo quilo custava R$ 3,94 e neste mês ficou em R$ 6,52, ou seja, sofreu aumento de R$ 2,58.

O quilo da carne de frango apresentou como menor valor R$ 3,95 e maior de R$ 10,69. A bandeja com uma dúzia de ovos brancos variou de R$ 3,98 a R$ 6,49 e o quilo do alho pode ser encontrado aos preços de R$ 8,50 a R$ 37,90.

Essa variação de preços entre os produtos reflete no valor total da cesta básica regional. O menor valor encontrado foi de R$ 221,55 e o maior de R$ 299,17. Se pesquisar o consumidor pode ter uma economia de até R$ 77,62 comprando no supermercado com o preço mais em conta.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário