Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Estudantes protestam contra o aumento da passagem de ônibus em Campina Grande

Manifestação também foi contra o Sistema de Cartão Temporal
Foto: Reprodução/TV Paraíba
Estudantes interditaram a entrada do terminal,
o que proibiu a passagem dos coletivos no local,
por cerca de uma hora e meia
Um grupo de estudantes realizou uma manifestação no Terminal de Integração de Campina Grande, no início da tarde desta sexta-feira (1º), em protesto ao aumento da tarifa do transporte coletivo e contra a implementação do Cartão Temporal.


Durante a ação, os estudantes interditaram a entrada do terminal, o que proibiu a passagem dos coletivos no local, por cerca de uma hora e meia.

De acordo com os participantes, a ação foi realizada porque a proposta inicial do município seria implementar o sistema de Cartão Temporal, para evitar um aumento no valor da passagem de ônibus na cidade, no entanto, desde o último domingo (27), a tarifa de ônibus em Campina Grande passou de R$ 3,30 para R$3,60, no cartão de passagem, e R$ 3,70, em dinheiro.

Já no que diz respeito ao Sistema de Cartão Temporal, implementado no último dia 12, permitindo ao passageiro, em qualquer ponto da cidade, pegar um segundo ônibus sem pagar a mais por isso, em um intervalo de uma hora, os manifestantes alegam que o tempo estipulado é insuficiente e não atende às necessidades dos usuários.

O superintendente de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), Félix Araújo Neto, explicou que o sistema está em fase experimental e será avaliado pelo Conselho Municipal de Transportes Públicos (Comupt).

“Estamos em um período de testes. Tudo será avaliado e revertido em benefício para a população. Já sobre o funcionamento do terminal de integração, este continua normal, como sempre foi”, pontuou.

Em contato com o G1, o diretor institucional do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Campina Grande (Sitrans), Anchieta Bernardino, falou que não iria comentar o assunto.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário