Rádio Cenecista de Picuí

sábado, 5 de janeiro de 2019

Bolsonaro congela cálculo do FPM para municípios paraibanos

Agora, os municípios não vão perder recursos até 2020

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) sancionou o congelamento do coeficiente do Fundo de Participação (FPM) que vai beneficiar Água Branca, Cachoeira dos Índios e Queimadas, na Paraíba, e outros 126 municípios no país. A matéria já havia sido aprovada no ano passado no Congresso Nacional e aguardava publicação por parte da Presidência da República.


De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios, o texto aprovado por senadores e deputados barra a redução no valor do FPM devido a baixa na estimativa populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Agora, os municípios não vão perder recursos até 2020.

“Essa matéria é muito importante, e não traz prejuízos para a União e nem para o orçamento dos Estados. O contato do governo e a decisão de sancionar o texto é uma sinalização de que o governo atuará para fortalecer o Ente municipal e, consequentemente, melhorar a vida das pessoas”, afirma o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi.

MaisPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário