Rádio Cenecista de Picuí

domingo, 1 de julho de 2018

Novas regras do cheque especial entram em vigor; veja o que muda

Medida é válida para quem utilizar mais de 15% do limite do cheque especial durante 30 dias consecutivos, e que corresponda a um valor superior a R$ 200
Começam a valer a partir deste domingo (1º) as novas regras para o uso do cheque especial. Bancos deverão emitir aviso aos clientes quando eles utilizarem o crédito do cheque especial e oferecer uma forma de quitar o débito a juros mais baixos que o dessa modalidade de crédito, segundo novas regras da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).


Conforme o Procon-JP, a medida é válida para quem utilizar mais de 15% do limite do cheque especial durante 30 dias consecutivos e que corresponda a um valor superior a R$ 200.

O consumidor que está ‘atolado’ no cheque especial terá à disposição a oferta de um parcelamento mais adequado e com taxas de juros menores deve partir do banco, que pode renovar a proposta a cada mês, determinando a taxa a ser aplicada, caso o consumidor não aceite as sugestões.

“O ideal é que as pessoas não entrem no cheque especial, porque, via de regra, o endividamento se torna uma bola de neve, mas, para quem já está preso nessa modalidade, pode se programar para fazer uma negociação mais vantajosa, com juros mais baixos”, afirmou o secretário do Procon-JP, Helton Renê.

Para Helton Renê, a redução da taxa de juros para a dívida do cheque especial deve estar ligada à ‘concorrência’ dos cartões de crédito, que vêm tomando o ‘espaço’ do cheque nesses últimos anos.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário