Rádio Cenecista de Picuí

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Casa alugada era usada como base da 'gangue da marcha ré' em Campina Grande, diz PM

Polícia encontrou carros roubados, munições de várias dinamites dentro da casa, no bairro Serrotão
Foto: Reprodução/TV Paraíba
Segundo o Gate, dinamites eram suficientes para explodir um quarteirão inteiro
Dois carros roubados, várias munições e dinamites foram apreendidas dentro de uma casa alugada, no bairro Serrotão, em Campina Grande. O local foi descoberto no início da tarde desta quarta-feira (9), depois que a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima.


A suspeita é de que o local estava sendo usado como base para uma quadrilha investigada por ataques contra estabelecimentos na cidade. A organização criminosa é conhecida como "gangue da marcha-ré", uma vez que eles invadem as lojas com carros.

Segundo a Polícia Militar, a primeira equipe chegou ao local por volta das 12h e viu os carros roubados pela fechadura da porta. Ao entrar na casa, a polícia encontrou também várias dinamites e munições.

Uma equipe do Grupo de Apoio Tático Especial (Gate) foi ao local e passou cerca de duas horas dentro da casa, para remover os explosivos com segurança. Segundo o Gate, a quantidade de dinamites era suficiente para explodir todo o quarteirão.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, um dos carros estava amassado e a suspeita é de que este veículo tenha sido usado no arrombamento de um supermercado, que ocorreu na última segunda-feira, no bairro Malvinas, também em Campina Grande.

Em entrevista à TV Paraíba, a dona do imóvel, conta que a casa estava alugada há dois meses. A mulher disse que não conhecia o homem e que alugou pelo fato dele ter pago um mês da locação adiantado.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário