Rádio Cenecista de Picuí

quinta-feira, 31 de maio de 2018

Evangelho do Dia: (Mc 11,11-26) - sexta-feira, 1º de junho de 2018

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Tendo sido aclamado pela multidão, Jesus entrou, no Templo, em Jerusalém, e observou tudo. Mas, como já era tarde, saiu para Betânia com os doze. No dia seguinte, quando saíam de Betânia, Jesus teve fome. De longe, ele viu uma figueira coberta de folhas e foi até lá ver se encontrava algum fruto. Quando chegou perto, encontrou somente folhas, pois não era tempo de figos. Então Jesus disse à figueira: “Que ninguém mais coma de teus frutos”. E os discípulos escutaram o que ele disse.

Chegaram a Jerusalém. Jesus entrou no Templo e começou a expulsar os que vendiam e os que compravam no Templo. Derrubou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos vendedores de pombas. Ele não deixava ninguém carregar nada através do Templo. E ensinava o povo, dizendo: “Não está escrito: 'Minha casa será chamada casa de oração para todos os povos?' No entanto, vós fizestes dela uma toca de ladrões". Os sumos sacerdotes e os mestres da Lei ouviram isso e começaram a procurar uma maneira de o matar. Mas tinham medo de Jesus, porque a multidão estava maravilhada com o ensinamento dele. Ao entardecer, Jesus e os discípulos saíram da cidade. Na manhã seguinte, quando passavam, Jesus e os discípulos viram que a figueira tinha secado até a raiz. Pedro lembrou-se e disse a Jesus: “Olha, Mestre: a figueira que amaldiçoaste secou”. Jesus lhes disse: “Tende fé em Deus. Em verdade vos digo, se alguém disser a esta montanha: 'Levanta-te e atira-te no mar', e não duvidar no seu coração, mas acreditar que isso vai acontecer, assim acontecerá. Por isso vos digo, tudo o que pedirdes na oração, acreditai que já o recebestes, e assim será. Quando estiverdes rezando, perdoai tudo o que tiverdes contra alguém, para que vosso Pai que está nos céus também perdoe os vossos pecados”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

PT volta atrás e garante apoio ao PSB na eleição

Em nota, o PT destaca que a Paraíba foi um dos estados que mais se desenvolveu na última década

O Partido dos Trabalhadores na Paraíba (PT) vai apoiar o PSB para a disputa da eleição de 2018. A sigla acredita que a união da esquerda no estado ajudará a ‘derrotar a coalizão golpista’.  O partido ainda deu ‘bandeira branca’ para que PSB tenha autonomia em definir chapa majoritária.


Anteriormente, o PT afirmava que não faria aliança com “partidos golpistas” e centrava as críticas principalmente no deputado federal Veneziano Vital do Rêgo, pré-candidato ao Senado na chapa encabeçada por João Azevêdo, e no Democratas.

Em nota, o PT destaca que a Paraíba foi um dos estados que mais se desenvolveu na última década.  De acordo com a legenda, a manutenção do projeto vai garantir a continuidade dos avanços no estado. “Este projeto tem que continuar”, diz trecho do documento.

Entre as argumentações, o apoio do PSB ao presidente Lula é citado. O PT também cita as vagas no Senado, e sugere que pelo menos uma delas seja destinada a um candidato ou candidata com perfil de esquerda. “O Partido dispõe de nomes mais do que qualificados para cumprir a missão. A Paraíba precisa de uma representação do PT no Senado, que também incorpore a força política e eleitoral de Lula”, diz trecho.

“Queremos também criar condições para ampliação ou manutenção da representação do nosso partido na Assembleia”, cita.

O partido ainda afirma que ‘não será obstáculo’ para as alianças necessárias para vitória do projeto liderado pelo PSB.

Caroline Queiroz – MaisPB

TCE-PB reprova três contas públicas e determina devolução de R$ 892 mil

Contas de dois ex-prefeitos e de uma Câmara de Vereadores foram reprovadas na quarta-feira

As contas de dois ex-prefeitos e de uma câmara municipal foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB) em sessão realizada na quarta-feira (30). Além de emitir três pareceres contrários à aprovação das contas, o TCE determinou a devolução de um valor somado de pouco mais R$ 892 mil aos cofres públicos.


As contas de 2013 do ex-prefeito de Triunfo, Damísio Mangueira da Silva e de 2012 do ex-prefeito de Umbuzeiro, Antônio Fernandes de Lima, além da conta de 2017 da Câmara de Vereadores de Damião, foram reprovadas por conter alguma irregularidade.

O parecer contrário à aprovação das contas de 2013 do ex-prefeito de Triunfo, Damísio Mangueira da Silva, também resultou no arbítrio da devolução de R$ 548.584,40. Segundo o TCE-PB, Damísio respondeu pelo registro não documentado de pagamentos de precatórios no valor de que supera R$ 400 mil, além de gastos sem justificativa com serviços de arquitetura e percepção indevida de salários por alguns servidores.

Cabe recurso da decisão tomada conforme proposta do conselheiro substituto Renato Sérgio Santiago Melo, relator do processo. No caso do ex-prefeito de Umbuzeiro, Antônio Fernandes de Lima, o TCE determinou para a devolução de R$ 326.731,50 por despesas irregulares com transporte estudantil, conforme voto do relator Antônio Cláudio Silva Santos. Também cabe recurso.

Por fim, as contas de 2017 da Câmara de Damião foram reprovadas por despesas irregulares ordenadas pelo presidente Raimundo Azevedo Melo, a quem foi imposto débito superior a R$ 17 mil. Ele ainda pode recorrer dessa decisão.

G1 PB

Briga de deputados quase acaba em pancadaria: 'Vou te pegar, vagabundo'

Deputado Fernando Giacobo corre enfurecido em direção ao colega Alfredo Kaefer e faz ameaças por conta de reportagem em que é citado
Foto: DR
Fernando Giacobo
Um desentendimento entre o primeiro-secretário da Câmara, o deputado Fernando Giacobo (PR-PR), e o também deputado Alfredo Kaefer (PP-PR) quase acaba em pancadaria nessa terça-feira (29). A equipe do jornal O Globo presenciou o momento em que Giacobo correu enfurecido em direção ao colega.


"Vai tomar no c... Eu vou te pegar, vagabundo! Vou mostrar suas notas frias!", ameaça.

Giacobo desaprovou o fato do jornal "O Paraná", que pertence à mulher de Kaefer, ter repercutido uma denúncia publicada pelo "O Estado de S. Paulo" em que ele é citado.

A matéria denuncia a venda de uma propriedade do deputado Nelson Meurer (PP-PR) por valor abaixo do preço de mercado, que levantou suspeita da Procuradoria Geral da República (PGR) de tratar-se de uma tentativa de driblar um bloqueio de bens imposto pela Justiça.

Giacobo foi citado no texto porque a empresa que comprou o imóvel fica no mesmo endereço de uma outra empresa do deputado, que é onde funciona o escritório do PR.

Ao site Extra, Giacobo afirmou que Kaefer é "mesmo um vagabundo" e que seu jornal é "um pasquim". Ele disse ainda que só perdeu a compostura porque estava sendo pressionado a arquivar uma investigação da primeira-secretaria sobre a prestação de contas de gastos da cota parlamentar pelo colega.

Kaefer nega qualquer irregularidade. "Vou falar com o presidente Rodrigo Maia, para ele já saber que estou sendo ameaçado aqui na Câmara. Não tem nenhum cabimento essa história de investigação. Ele está inventando essa história. E, se quiser investigar, tudo bem. Tenho o passado limpo. Já o dele, é outra coisa", diz.

Fernando Giacobo ficou conhecido em 1997 após ganhar 12 vezes na loteria em apenas 14 dias.

Notícias ao Minuto

Gás de cozinha já pode ser encontrado na Paraíba, diz sindicato

Gás de cozinha deve ser vendido, no máximo, a R$ 70, diz sindicato

Cerca de 20 mil botijões de gás chegaram na Paraíba nesta quinta-feira (31), de acordo com o presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás GLP da Paraíba (Sinregás-PB), Marcos Bezerra. Desde às 7h, as distribuidoras do produto começaram a fazer o repasse para as revendedoras e até às 12h o estoque deve ser normalizado.


O gás de cozinha estava em falta na Paraíba desde a última quinta-feira (24), no 4º dia de greve dos caminhoneiros, que reivindicavam a queda no preço dos combustíveis. Como muitos caminhões tanque ficaram parados no Porto de Cabedelo desde o dia 21 de maio, o abastecimento dos transporte foi prejudicado. Além disso, na maioria das rodovias do país, os caminhões não conseguiam passar.

Na quarta-feira (30), com o tráfego liberado no Porto de Suape, em Pernambuco, os caminhões começaram a ser liberados e puderam chegar na Paraíba com o carregamento.

De acordo com Marcos Bezerra, o preço do gás de cozinha na Paraíba não pode passar de R$ 70, devendo ser denunciado aos órgãos de defesa do consumidor os locais com preços abusivos de revenda.

G1 PB

Bandidos atacam bancos e suspeito acaba morto em confronto com a PM

Ataques aconteceram durante a madrugada nas cidades de João Pessoa e Cuité

Duas agências foram alvos da ação de bandidos durante a madrugada desta quinta-feira (31) na Paraíba. De acordo com informações da Polícia Militar, as ações foram registradas no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, e na cidade de Cuité, no Agreste paraibano, a 235 quilômetros da Capital.


Em João Pessoa, o alvo foi o Banco do Brasil, da Avenida Josefa Taveira, em Mangabeira. Os suspeitos invadiram o local e violaram um caixa eletrônico com um maçarico.

O outro ataque ocorreu em um banco privado nas primeiras horas do dia na cidade de Cuité. O estabelecimento é responsável pela folha de pagamento do governo do Estado.

Segundo a polícia, um grupo de 10 homens chegou à cidade em dois veículos. A polícia montou um bloqueio nas imediações do município de Barra de Santa Rosa para tentar impedir a fuga. Durante a ação, houve confronto com os policiais e um dos suspeitos foi atingido e acabou morrendo.

Os policiais conseguiram recuperar uma quantia superior a R$ 10 mil, uma pistola e explosivos. Até o fechamento desta matéria a PM ainda não havia concluído a contagem do dinheiro.

Foram feitas rondas na região na tentativa de localizar o restante do grupo.

Portal Correio

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Evangelho do Dia: (Mc 14,12-16.22-26) - quinta-feira, 31 de maio de 2018

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

No primeiro dia dos Ázimos, quando se imolava o cordeiro pascal, os discípulos disseram a Jesus: “Onde queres que façamos os preparativos para comeres a Páscoa?”

Jesus enviou então dois dos seus discípulos e lhes disse: “Ide à cidade. Um homem carregando um jarro de água virá ao vosso encontro. Segui-o e dizei ao dono da casa em que ele entrar: ‘O Mestre manda dizer: onde está a sala em que vou comer a Páscoa com os meus discípulos?’ Então ele vos mostrará, no andar de cima, uma grande sala, arrumada com almofadas. Aí fareis os preparativos para nós!”Os discípulos saíram e foram à cidade. Encontraram tudo como Jesus havia dito, e prepararam a Páscoa.

Enquanto comiam, Jesus tomou o pão e, tendo pronunciado a bênção, partiu-o e entregou-lhes, dizendo: “Tomai, isto é o meu corpo”.

Em seguida, tomou o cálice, deu graças, entregou-lhes, e todos beberam dele. Jesus lhes disse: “Isto é o meu sangue, o sangue da aliança, que é derramado em favor de muitos. Em verdade vos digo, não beberei mais do fruto da videira, até o dia em que beberei o vinho novo no Reino de Deus”. Depois de terem cantado o hino, foram para o monte das Oliveiras.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Idoso tem carro roubado após esperar 3 horas para abastecer veículo

Homem havia passado 3 horas na fila do posto para conseguir abastecer o carro

Um homem de 76 anos de idade teve o carro roubado, logo após sair de um posto de combustíveis, onde havia abastecido o carro. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (30), em Campina Grande.


Segundo o relato da vítima à Polícia Civil, ao sair do posto, ele havia passado 3 horas na fila para bastecer pouco antes. Após sair do estabelecimento, quatro homens armados se aproximaram e abordaram ele anunciando o roubo. O crime ocorreu por volta das 9h30. Ainda na manhã desta quarta-feira, o dono do carro foi até a delegacia de Polícia Civil.

G1 PB

87% dos brasileiros apoiam paralisação, mas não querem ‘pagar a conta’

Segundo pesquisa Datafolha, apoio ao movimento é grande porque as consequências ainda não são percebidas no dia a dia da maioria dos entrevistados

Pesquisa Datafolha revela que 87% dos brasileiros apoiam a paralisação dos caminhoneiros e acham que o movimento deve continuar. No entanto, a população não se mostra disposta a arcar com as consequências das concessões cedidas pelo governo para que o movimento se encerre.


O levantamento foi realizado por telefone com 1.500 pessoas, na terça-feira (29), e divulgado pelo jornal Folha de S. Paulo nesta quarta-feira (30). A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos.

De acordo com a pesquisa, 10% dos entrevistados são contrários à paralisação, 2% são indiferentes e 1% não soube opinar.

Mais da metade (56%) das pessoas que responderam ao questionário acredita que a greve dos caminhoneiros deve continuar, contra 42%, que defendem o fim.

O apoio aos manifestantes ocorre de forma homogênea em todas as regiões do país, caindo um pouco entre os mais ricos e mais velhos.

Enfraquecido, o movimento segue para o seu décimo dia nesta quarta-feira (30). A paralisação dos caminhoneiros é em protesto contra o preço do diesel, que é regulado pela Petrobras. O aumento do preço do petróleo e a alta do dólar geraram uma série de ajustes recentes.

Incomodados com a alta carga tributária, 92% dos entrevistados consideram o pleitos dos caminhoneiros justo. O índice é de 57% mesmo entre aqueles que são contra o movimento.

Para 50% dos entrevistados, os caminhoneiros são mais beneficiados do que prejudicados pela paralisação. 60% acreditam que as transportadoras têm mais prejuízos.

O cidadão se vê mais prejudicado (43% a 33% dos que se acham mais beneficiados) pessoalmente. 56% dos entrevistados acham que o “brasileiro em geral” é mais prejudicado.

De acordo com a pesquisa, o brasileiro não concorda em ser penalizado com o aumento de impostos e corte de gastos do governo para atender aos pedidos dos caminhoneiros. Apenas 10% dos ouvidos aprovam as medidas anunciadas, contra 87%. Os entrevistados acreditam que o governo esteja favorecendo empresários e caminhoneiros, e prejudicando a população.

A condução das negociações pelo governo federal é aprovada por apenas 6% dos ouvidos, contra 77% que a desaprovam. Para 16%, ela foi regular, e 2% disseram não saber avaliar. 96% afirmam que o presidente Michel Temer demorou para negociar, contra 3%, que acham que as conversas ocorreram no momento certo.

A pesquisa também conclui que a aprovação em massa do movimento organizado pelos caminhoneiros esteja associada ao baixo impacto direto no cotidiano dos entrevistados. Dos ouvidos, 51% relataram ter deixado de fazer algumas das atividades apresentadas na pesquisa, contra 49% que mantiveram a rotina.

O número acompanha a proporção daqueles que disseram ter tido problemas para abastecer o automóvel: 53% ao todo, sendo que 37% disseram ter tido muita dificuldade.

Já o desabastecimento de alimentos ainda não é percebido. Apenas um quarto dos entrevistados disse ter tido dificuldade para comprar comida.

15% das pessoas que responderam à pesquisa disseram que deixaram de ir ao trabalho por conta da greve, contra 73%, que mantiveram a assiduidade. Já a ida à escola foi interrompida por 19% dos alunos, enquanto 69% frequentaram as aulas normalmente.

A visita ao médico foi evitada por 13%, enquanto 83% a mantiveram. Atividades de lazer foram mantidas por 73%. Dos entrevistados, 26% relataram cancelamentos e 28% disseram que não vão viajar no feriado de Corpus Christi, nesta quinta-feira (31). Já 67% seguiram com seus planos anteriores.

Ao serem perguntados sobre quem seriam os responsáveis pelo movimento, 42% apontaram os motoristas de caminhão autônomos, 31% dizem que são as empresas transportadoras, 7% acham que o movimento tem autoria compartilhada e 5% afirmam que o próprio Temer e políticos são responsáveis pela paralisação.

Se os caminhoneiros não cederem, 88% defendem a continuidade das negociações, contra 9%, que acham que deve haver uso de Forças Armadas e policiais.

Notícias ao Minuto

Caminhoneiro é morto com pedrada na cabeça em manifestação

A vítima, que não foi identificada, chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. A pedra atravessou para-brisa do veículo e atingiu o homem

Um caminhoneiro foi morto com uma pedrada, na tarde desta quarta-feira (30), em Vilhena (RO), quando passava por um ponto de manifestação na BR-364. A vítima, que não foi identificada, chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF).


Apesar de a rodovia estar sem interdição, moradores do município têm usado da violência para atacar com pedradas caminhoneiros que passam pela via, de acordo com a Rede Amazônica, filiada da TV Globo. Uma das pedras atingiu o veículo de um homem, que foi atingido na cabeça e morreu.

A área está isolada. Tanto a PRF quanto a PM estão acompanhando o caso. A perícia técnica da Civil também está no local. A placa do veículo é de Jaru (RO), mas a polícia ainda não divulgou o nome do condutor do caminhão.

Notícias ao Minuto

Unidades de saúde de 35 municípios terão ponto eletrônico na PB

Implantação do ponto eletrônico foi firmado em acordo entre os municípios e o Ministério Público Federal na Paraíba

Trinta e cinco municípios do Sertão paraibano firmaram Termos de Ajustamento de Conduta (TACs) com o Ministério Público Federal na Paraíba (MPF-PB) para providenciarem, em prazo entre 60 e 90 dias, a instalação e o funcionamento de ponto eletrônico de servidores públicos vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS).


Segundo o acordo, os municípios devem instalar, no prazo de 30 dias, em local visível das salas de recepção de todas as unidades públicas de saúde, inclusive hospitais públicos, unidades de pronto atendimento, postos de saúde, postos do programa ‘Saúde da Família’, quadro de aviso que informe ao usuário, de forma clara e objetiva, o nome de todos os médicos, odontólogos, enfermeiros e demais profissionais da área de saúde em exercício na unidade naquele dia, qual a especialidade do profissional e o horário de início e término da  jornada de trabalho de cada um deles.

O quadro também deve informar que o registro de frequência dos profissionais estará disponível para consulta de qualquer cidadão. Para os agentes comunitários de saúde e de endemias que prestam serviço externo, o acordo prevê que eles não estão sujeitos ao registro biométrico de frequência, mas ficarão sujeitos a outras formas de controle de frequência.

Também em 30 dias, os municípios devem disponibilizar na internet o local, horário de atendimento dos médicos odontólogos, enfermeiros e demais profissionais da área de saúde que ocupem cargos públicos vinculados, de qualquer modo, ao SUS.

Certidão de não atendimento
O acordo ainda garante a todos os usuários do SUS não atendidos no serviço de saúde solicitado, o fornecimento de certidão ou documento equivalente, no qual conste: nome do usuário, unidade de saúde, data, hora e motivo da recusa de atendimento, sempre que o usuário solicitar.

Conforme o acordo, a fiscalização do acordo será feita pelo MPF-PB e qualquer pessoa também pode denunciar o desrespeito do termo de ajustamento de conduta assinado pelos municípios.

Veja abaixo a lista de municípios que fizeram acordo:
Cachoeira dos Índios, Curral Velho, Catolé do Rocha, São José do Brejo do Cruz, Carrapateira, Coremas, Conceição, Itaporanga, Uiraúna, Vieirópolis, São Bento, São José de Piranhas, São João do Rio do Peixe, São Domingos, São José da Lagoa Tapada, Marizópolis, Triunfo, Poço José de Moura, Lastro, Nazarezinho, Igaracy, Nova Olinda, Mato Grosso, Piancó, Santana dos Garrotes, Santa Inês, Santana de Mangueira, Poço Dantas, Aparecida, Belém de Brejo do Cruz, Bom Jesus, Bom Sucesso, Brejo do Cruz, Brejo dos Santos, e Paulista.

Veja abaixo a lista de municípios que não fizeram acordo e continuam como réus:
Aguiar, Boa Ventura, Cajazeiras, Diamante, Ibiara, Lagoa, Pedra Branca e São José de Caiana. Os municípios que não firmaram acordo continuarão como réus no processo, pois não comprovaram a implantação do ponto eletrônico e não apresentaram prazo para implantação.

Portal Correio

Grupo armado explode carro-forte na PB-325

Até as 12h20 desta quarta-feira (30), a polícia informou que nenhum suspeito foi localizado
Foto: Reprodução/TV Paraíba
Suspeitos incendiaram o veículo e abandonaram, na PB-325, que liga os municípios de Pombal e Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba
Um grupo armado explodiu um carro-forte na manhã desta quarta-feira (30), na PB-325, que liga os municípios de Pombal e Catolé do Rocha, no Sertão paraibano. De acordo com o 14º Batalhão de Polícia Militar de Sousa, os homens anunciaram o assalto, depois explodiram e abandonaram o veículo, atrapalhando o acesso dos carros na pista.


Por volta das 11h30, a polícia foi acionada para o local. Segundo a PM, os suspeitos fugiram em dois veículos, uma Toyota SW4 branca e um Hyundai HB20, que foram encontrados abandonados em uma estrada de terra, no município de Catolé do Rocha.

As informações da PM são de que a polícia identificou rastros de mais dois carros utilizados durante a ação - que acredita que foram usados para dar apoio à fuga dos criminosos.

O 14º Batalhão de Polícia Militar de Sousa disse ainda que viaturas das polícias militares do município e de Catolé do Rocha estão no local para as primeiras investigações do crime. Até as 12h20 desta quarta-feira (30), a polícia informou que nenhum suspeito foi localizado.

G1 PB

Petrobras aumenta preço da gasolina em 0,74% nas refinarias

O valor nas refinarias subirá 0,74% e passará a ser de R$ 1,9671 por litro

Petrobras voltou a aumentar o preço da gasolina, depois de cinco quedas consecutivas do valor do combustível. A partir de amanhã (31), o preço nas refinarias subirá 0,74% e passará a ser de R$ 1,9671 por litro.


Em maio, o preço do combustível nas refinarias da Petrobras acumula alta de 9,42%, já que em 28 de abril o litro custava R$ 1,7977.

Notícias ao Minuto com informações da Agência Brasil.

Corpus Christi não é feriado em Campina Grande, explica procurador do município

Data é considerada ponto facultativo nas repartições públicas municipais de Campina Grande

O dia de Corpus Christi, celebrado nesta quinta-feira (31), é ponto facultativo nas repartições públicas municipais em Campina Grande, conforme explicou nesta quarta-feira (30) o procurador-geral José Fernandes Mariz. De acordo com a prefeitura, uma lei municipal sancionada em 2016 alterou o entendimento anterior que decretava feriado em Campina Grande.


Corpus Christi também não é considerado feriado nacional ou estadual. O procurador-geral do município explicou que a lei anterior, sancionada em 2009, foi ab-rogada, ou seja, tornada sem efeito.

"Carnaval e Corpus Christi não são feriados nacionais, são feriados municipais em alguns municípios. Em 2009 foi sancionada uma lei pelo prefeito na época (Veneziano Vital) que transformava Corpus Christi em feriado municipal. Essa lei anterior foi ab-rogada pela lei posterior", explica Mariz.

A redação da Lei Municipal n° 6.498/2016 aponta que: "Fica estabelecido ponto facultativo nos dias alusivos ao Carnaval, à Quarta-Feira de Cinzas, ao dia do Servidor Público e ao dia de Corpus Christi, podendo a Administração Pública local decretar dias diversos, ao encontro dos facultativos decretados pela Administração Pública Federal e Estadual".

O procurador-geral explica que a nova lei é a que vale para definir que Corpus Christi não é feriado em Campina Grande. "Em 2016, uma lei de autoria de um vereador do município (Pimentel Filho), foi sancionada dizendo que é apenas ponto facultativo nas repartições públicas municipais. O que passa a valer é a lei posterior", afirma José Fernandes Mariz.

CDL alerta para desconto do dia trabalhado
Em nota, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Campina Grande explica que "o trabalhador que não comparecer ao serviço neste dia está sujeito a punições. Se o empregador dispensar seus funcionários, ele deverá pagar pelos honorários e não pode descontar as horas não trabalhadas. Caso o empregado decida, por conta própria, faltar ao trabalho, estará sujeito a desconto".

G1 PB

Após liberação de Suape, gás de cozinha deve chegar nesta quarta à PB

Presidente do Siregás acredita que situação vai estar normalizada em até uma semana

Uma carga de mais de 22 mil botijões de gás de cozinha está sendo aguardada para o fim da tarde desta quarta-feira (30) na Paraíba. O produto estava retido no Porto de Suape, em Pernambuco, por conta da paralisação dos caminhoneiros em todo o Brasil.


De acordo com o presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás na Paraíba (Siregás), Marcos Antônio Bezerra, os caminhões que estavam no porto tiveram a saída liberada durante a madrugada.

Segundo Marcos, todo o estado foi atingido com o desabastecimento nos últimos dez dias. Ele acredita que após a liberação dos caminhões a situação vai estar normalizada em uma semana. “Estamos esperando algo em torno de 22 mil botijões nesta quarta. Dependendo da hora que essa carga chegue ao estado, teremos os pontos de venda disponibilizando ainda hoje o produto”, disse.

Alexandre Freire - Portal Correio

'Não temos mais como negociar', diz Temer sobre greve de caminhoneiros

Em entrevista à TV Brasil, o presidente disse acreditar que a crise de desabastecimento de alimentos e combustíveis será encerrada a partir desta quarta-feira

O presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (29) que não há mais como disponibilizar recursos federais para convencer os caminhoneiros grevistas a interromper paralisação nacional. Segundo ele, não há como negociar novas concessões, uma vez que já foram esgotados todos os meios financeiros para se chegar a um acordo com a categoria.


"Nós esprememos todos os recursos governamentais para atender aos caminhoneiros em reivindicações legítimas e para não prejudicar a Petrobras. A esta altura, não temos mais como negociar, não temos mais o que fornecer", disse.

Em entrevista à TV Brasil, o presidente disse acreditar que a crise de desabastecimento de alimentos e combustíveis será encerrada a partir desta quarta-feira (30).

"Eu percebo que os líderes dos movimentos estão dizendo para voltar ao trabalho. E isso esta começando a dar resultado", afirmou.

Ele observou que, até o momento, a Polícia Federal já instaurou 47 inquéritos contra militantes políticos que se infiltraram nos bloqueios rodoviários.

"É preciso exercitar a autoridade prevista no texto constitucional. Se necessário for, nós ainda a utilizaremos. Mas eu acho que não haverá necessidade, porque os movimentos estão se desmobilizando", disse.

Só a diminuição do óleo diesel teve um impacto de R$ 13,4 bilhões nas contas governamentais. A equipe econômica estuda agora que fontes de recursos poderão ser usadas para compensar a perda.

"O governo federal chegou ao limite de disponibilidade. Não há como ceder mais nada que represente custo", disse à reportagem o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha.

Ele antecipou que o governo federal pretende deslocar valores da reoneração da folha de pagamento, aprovada no Congresso Nacional, e das cobranças da Cide e do PIS/Cofins. 

O restante, segundo ele, será feito por remanejamento de recursos fiscais, ainda não definidos.

Notícias ao Minuto com informações da Folhapress

terça-feira, 29 de maio de 2018

Evangelho do Dia: (Mc 10,32-45) - quarta-feira, 30 de maio de 2018

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, os discípulos estavam a caminho, subindo para Jerusalém. Jesus ia à frente. Os discípulos estavam espantados, e aqueles que iam atrás estavam com medo. Jesus chamou de novo os Doze à parte e começou a dizer-lhes o que estava para acontecer com ele: “Eis que estamos subindo para Jerusalém, e o Filho do Homem vai ser entregue aos sumos sacerdotes e aos doutores da Lei. Eles o condenarão à morte e o entregarão aos pagãos. Vão zombar dele, cuspir nele, vão torturá-lo e matá-lo. E depois de três dias ele ressuscitará”. Tiago e João, filhos de Zebedeu, foram a Jesus e lhe disseram: “Mestre, queremos que faças por nós o que vamos pedir”. Ele perguntou: “Que quereis que eu vos faça?” Eles responderam: “Deixa-nos sentar um à tua direita e outro à tua esquerda, quando estiveres na tua glória!”

Jesus então lhes disse: “Vós não sabeis o que pedis. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber? Podeis ser batizados com o batismo com que vou ser batizado?” Eles responderam: “Podemos”. E ele lhes disse: “Vós bebereis o cálice que eu devo beber e sereis batizados com o batismo com que eu devo ser batizado. Mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. É para aqueles a quem foi reservado”.

Quando os outros dez discípulos ouviram isso, indignaram-se com Tiago e João. Jesus os chamou e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações as oprimem e os grandes as tiranizam. Mas, entre vós, não deve ser assim: quem quiser ser grande seja vosso servo; e quem quiser ser o primeiro seja o escravo de todos. Porque o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos.”

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Neguinho da Beija-Flor desmente boatos de sua morte: 'Estou bem'

Um grupo no Whatsapp espalhou a notícia da morte do sambista
Foto: Gabriel Monteiro/Riotur
Neguinho da Beija-Flor
Um dos maiores veículos de acesso à informação, a internet é também um rápido meio de proliferação de boatos. Dessa vez, a vítima das fake news foi Neguinho da Beija-Flor, que teve de desmentir sua própria morte.


"Aos fãs, parentes e amigos, fiquem tranquilos. Estou bem. Infelizmente, tem gente em redes sociais especializada em espalhar boatos", escreveu o carnavalesco em seu Facebook, seguido da imagem de uma conversa no Whatsapp onde a notícia se espalhou.

Neguinho da Beija-Flor tem 68 anos e é um dos sambistas mais populares do Brasil.

Aos fãs, parentes e amigos, fiquem tranquilos. Estou bem.
Infelizmente, tem gente em redes sociais especializada
em espalhar boatos. (Imagem: Reprodução)
Notícias ao Minuto

Prefeitura realiza Spa das Grávidas e oferece serviços às mulheres de Nova Palmeira

O ação disponibilizou diversos serviços às gestantes nova-palmeirenses
Foto: Ascom/PMNP
Spa das Grávidas, em Nova Palmeira, na Paraíba
A Prefeitura de Nova Palmeira, na Paraíba, realizou durante a manhã desta terça-feira (29), um encontro especial dedicada às mulheres gestantes do município. O encontro denominado Spa das Grávidas, foi uma ação realizada pela Secretaria de Saúde, através das equipes do PSF I e II, juntamente com o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), e que contou com a parceria da Secretaria de Assistência Social.


O Spa disponibilizou diversos serviços, como: limpeza de pele, agendamento para drenagem, alongamento, exercícios, massagens e outros procedimentos. O encontro ainda ofereceu um saboroso café da manhã e sorteio de brindes.

A manhã especial preparada com muito carinho pela equipe de Atenção Básica, aconteceu na parte superior da Unidade de Saúde Francisco Medeiros Dantas, e recebeu um bom número de mulheres que puderam desfrutar dos benefícios ofertados.

Atividades desenvolvidas com as gestantes (Imagens: Ascom/PMNP)
Blog NP