Rádio Cenecista de Picuí

domingo, 13 de agosto de 2017

Fim do mundo já tem nova data para acontecer: 23 de setembro

A hipótese dos astrólogos é que a causa é um planeta, um eclipse e uma coincidência numérica

Há mais um fim do mundo agendado para este ano. Se a previsão catastrófica se cumprir, o dia 23 de setembro pretende ficar para a história. A hipótese dos astrólogos é que a causa é um planeta, um eclipse e uma coincidência numérica.


No dia 21 de agosto, de acordo com o site Observador, haverá um eclipse solar, que poderá ser visto na América do Norte. Cientistas da NASA afirmam que o fenômeno terá duração de dois minutos e quarenta segundos.

A pergunta que não quer calar: qual a relação entre esse fenômeno e o apocalipse?

De acordo com o portal, o eclipse seria um presságio do choque do planeta Nibiru com a Terra, revelou David Meade, autor do livro Planet X — The 2017 Arrival, ao Telegraph.

Em contrapartida, a NASA já se pronunciou e garantiu que o planeta não existe. Mas a teoria de Meade está baseada numa passagem da Bíblia, no Velho Testamento, chamada de "Convergência 33".

“Quando o eclipse começar a 21 de agosto, o pôr-do-sol vai ser negro tal como Isaías previu. A Lua vai estar envolvida numa lua negra, que só ocorrem a cada 33 meses. Na Bíblia, o nome divino de Eloim aparece 33 vezes no Genesis".

Meade acredita que o fim do mundo aconteça em 23 de setembro, 33 dias após 21 de agosto. Será em um sábado. O que esperar?

Notícias ao Minuto

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Nenhum comentário:

Postar um comentário