Rádio Cenecista de Picuí

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Suspeitos de assalto em shopping são baleados e presos após troca de tiros com polícia na Paraíba

Quatro suspeitos de roubar vigilante de shopping foram perseguidos, baleados em troca de tiros com a PM e levados para hospital
Reprodução/TV Paraíba
Suspeitos de assalto em shopping são presos após troca de tiros com PM
Quatro homens suspeitos de assaltar o vigilante de um shopping na praia de Manaíra, em João Pessoa, na noite de terça-feira (27) foram presos após uma perseguição e troca de tiros com policiais militares. Os suspeitos ficaram feridos na troca de tiros, no Poço, bairro da cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa. Eles foram socorridos pela Polícia Militar e levados para o Hospital de Trauma de João Pessoa.


De acordo com o major Magno, da PM, o grupo havia roubado a arma do vigilante do shopping e em seguida saiu em alta velocidade em um carro em direção à rodovia BR-230. Uma equipe da Polícia Militar estava na rodovia e foi informada do assalto. Os policiais identificaram os suspeitos e iniciaram uma perseguição.

“Eles atiraram contra a viatura e esses tiros foram prontamente revidados. Um dos suspeitos conseguiu fugir assim que eles pararam o carro. Ele se escondeu em uma casa lá na área do Poço”, explicou o major. A Polícia Militar chegou a fazer um cerco no bairro do Poço, mas até o início da manhã desta quarta-feira (28) o quinto suspeito não tinha sido localizado e preso.

Ainda segundo informações da PM, por meio de imagens gravadas por câmeras de segurança do shopping, algumas vítimas de um outro assalto, a uma clínica médica, identificaram os assaltantes. “Por isso a Polícia Militar pede que as vítimas de assalto registrem a ocorrência, para que esses assaltantes, quando identificados, respondam pelos crimes”, completou.

Conforme boletim médico divulgado pelo Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, dois assaltantes baleados receberam alta hospitalar e dois seguem internados em estado de saúde estável e regular.

G1 PB

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Nenhum comentário:

Postar um comentário