Rádio Cenecista de Picuí

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Hospital de Pernambuco demite funcionário que filmou Fábio Assunção

A informação da demissão foi divulgada no Instagram pela namorada de Assunção, Pally Siqueira, e confirmada pelo hospital

A direção do Hospital Memorial Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, demitiu nesta terça-feira, 27, o funcionário que filmou e divulgou imagens do ator Fábio Assunção durante uma discussão no local. O artista foi encaminhado à unidade de saúde com ferimentos leves após se envolver em uma confusão em um bar na madrugada do sábado, 24.


A informação da demissão foi divulgada no Instagram pela namorada de Assunção, Pally Siqueira, e confirmada pelo hospital. O Memorial Arcoverde afirmou, em nota, que a filmagem foi feita sem o consentimento da direção e repudiou a atitude do funcionário, classificada como “infeliz iniciativa”.

O hospital considerou ainda que a gravação “feriu o código de ética, a imagem da instituição e do referido ator”.

Briga
Assunção estava em Arcoverde para a divulgação do documentário Eu sonho para você ver, feito em parceria com Pally, natural da cidade. Segundo informações de testemunhas, o ator exagerou no consumo de álcool e provocou confusão em um bar da região.

Após a chegada da polícia, o artista discutiu com os agentes de segurança, quebrou o vidro da viatura e os insultou durante a prisão.

Em seu Instagram, o Assunção se pronunciou sobre o caso e afirmou que errou ao se exceder. O ator, que já se declarou publicamente dependente químico, disse ainda que não estava sob efeito de substâncias ilegais.

“Não fiz uso de nenhuma droga ilícita – o que será comprovado pelo exame toxicológico que eu mesmo pedi para ser feito”, escreveu.

Assunção agradeceu as manifestações de carinho e apoio dos fãs e pediu desculpas. “Não é fácil, mas reconhecer meus erros e procurar sempre aprender com eles é o que eu desejo”, disse.

Estadão

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”