Rádio Cenecista de Picuí

terça-feira, 9 de maio de 2017

Vereador fala em perseguição e diz que se for para ficar apenas sentado desiste do cargo

Juscelino disse que vem sendo de certo modo acossado pelos adversários
Foto: Reprodução/Câmara Municipal de Nova Palmeira
Vereador Juscelino Cassiano
O vereador Juscelino Cassiano (PP) continua com 100% de assiduidade nas sessões ordinárias da Câmara Municipal de Nova Palmeira. Na noite dessa segunda-feira (8), o edil colocou três requerimentos e mais um ofício em pauta.


O parlamentar solicitou as construções de uma passagem molhada no rio Espera, que liga ao açude do Tamanduá, na localidade de mesmo nome; e uma pista para corridas de motocicletas.

Em conjunto com o colega José de Souza Santos, também requisitou o levantamento de um vestiário na comunidade Sombrio.

Alegando lentidão nos requerimentos, o progressista encaminhou um ofício pedindo agilidade em suas solicitações, pois, segundo o próprio vereador, desde março que reivindica, sem que providências sejam tomadas.

No Tema Livre, o representante do PP disse que, em relação ao novo conjunto habitacional, no antigo terreno de Rangel, cobrou agilidade da prefeitura para realizar o arruamento para que a Energisa possa colocar energia no local, pois os habitantes estão dormindo no escuro.

Perseguição

Juscelino disse que vem sendo de certo modo acossado pelos adversários. “Estou sendo cassado pela situação. “Se há uma denúncia, sou eu quem faço; se algo é impedido de ser realizado, foi Juscelino quem não deixou. Não sei o porquê de tudo isso, se o que faço é em prol da população de Nova Palmeira. Não olho para o partido, mas sim para o bem-estar dos meus conterrâneos”.

Sobre casas habitacionais para a zona rural, que foram conseguidas através da Caixa Econômica Federal, o vereador disse que foi acusado de estar querendo derrubar as moradias do campo.

“Nós oposicionistas não tivemos o direito de receber nenhuma chave de residência para disponibilizar a quem necessita e ainda inventam um absurdo desse tamanho. 

Com relação aos ônibus escolares, foram cortadas as viagens para enterros, missas, passeios para os idosos, transportes de equipes de futebol, e falaram que foi denuncia minha. Isso não procede, pois não tenho objeção, pelo contrário, eu apoio as viagens adicionais nos fins de semana”, finalizou.

Desabafo

Em contato com o Blog NP, o vereador exclamou. "Não fiz nada disso que estão alegando. Estão querendo me intimidar, mas não vão conseguir, pois vou falar sempre que perceber algo de errado. E vai ser sempre assim!.Se for para ficar apenas sentado na poltrona, eu desisto de ser vereador”.

Blog NP

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Nenhum comentário:

Postar um comentário