Rádio Cenecista de Picuí

terça-feira, 2 de maio de 2017

Secretário de Comunicação do SINPUC repudia corte de ponto dos professores em Nova Palmeira

De acordo com Janiel Dantas, secretário de Comunicação do SINPUC, a situação piorou depois que a Secretaria de Educação resolveu cortar o ponto dos professores devido à última paralisação
Foto: Reprodução/SINPUC
Nova paralisação está marcada para esta quarta-feira (3)
Professores de Nova Palmeira voltarão a paralisar suas atividades nesta quarta-feira, como deliberado em assembleia no dia 13 de abril.


A primeira paralisação da categoria foi realizada no dia 25. Os profissionais não acataram a proposta de adequação enviada pelos administradores do município e cumpriram a deliberação tomada em assembleia realizada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú e Seridó (SINPUC).

De acordo com Janiel Dantas, secretário de Comunicação do SINPUC, a situação piorou depois que a Secretaria de Educação resolveu cortar o ponto dos professores devido à última paralisação.

Ele destacou que é a primeira vez que uma gestão faz isso em Nova Palmeira. Janiel também classificou a medida como truculenta e disse que o ato quebra o diálogo entre os trabalhadores e a administração.

Nesta quarta os professores voltarão a paralisar as aulas. Contudo, o SINPUC espera que as negociações sejam restabelecidas e o impasse superado.

Em Nova Palmeira os professores exigem o cumprimento da adequação do piso salarial nacional, estabelecido em janeiro pelo Ministério da Educação (MEC) por força da Lei 11.738/2008.

Gestão e trabalhadores ainda não chegaram a um acordo em relação à forma como será garantido o reajuste de 7,64% determinado pelo MEC. O SINPUC está intermediando as negociações para alcançar um entendimento e evitar o agravamento do problema.

SINPUC

Para postar um comentário:

É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”