Rádio Cenecista de Picuí

domingo, 7 de maio de 2017

Quadrilha especializada em fraudes de concursos é presa em condomínio de luxo em JP

Um dos presos, um professor de matemática, era o responsável por responder as questões. Assim, o candidato recebia o gabarito pronto e conseguia aprovação
Reprodução/Vivianne Karla
Suspeitos foram levados
para a Central de Polícia
Cerca de 12 pessoas foram presas, na manhã deste domingo (7), em um condomínio de luxo no bairro do Cabo Branco, Zona Leste de João Pessoa, suspeitas de participarem de uma quadrilha especializada em fraudar concursos públicos. Além das prisões, sete carros pertencentes aos suspeitos foram apreendidos. Em Natal, no Rio Grande do Norte, outras cinco pessoas foram presas também suspeitas de participação na quadrilha.


A informação foi confirmada ao Portal Correio pelo delegado Lucas Sá, chefe da Delegacia de Defraudações e Falsificações da Polícia Civil em João Pessoa (DDF). Por cada 'cliente' a quadrilha cobrava até R$ 50 mil pelo repasse do gabarito.

Segundo a polícia, a quadrilha tem atuações em diversos estados. O crime acontecia quando pessoas buscavam a quadrilha para conseguir passar em concursos.

No momento da prova, o candidato conseguia se comunicar com os suspeitos e repassava as questões do concurso. Um dos presos, um professor de matemática, era o responsável por responder as questões. Assim, o candidato recebia o gabarito pronto e conseguia aprovação.

“Prendemos essas 17 pessoas, mas continuamos em diligência para tentar localizar outros suspeitos. Daremos mais informações sobre essa operação em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (8)”, afirmou ao Portal Correio o delegado Lucas Sá.

Os suspeitos foram encaminhados a Central de Polícia Civil para prestarem depoimento. Os carros apreendidos também foram levados para a Central.

Portal Correio

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”