Rádio Cenecista de Picuí

terça-feira, 23 de maio de 2017

Justiça Federal coloca hotel Ouro Branco, Clipsi e prédio de loja de carros em leilão na Paraíba

Juntos, os três imóveis estão avaliados em R$ 80 milhões; leilão é em 30 de maio

O Hotel Ouro Branco e o prédio onde funciona uma concessionária, em João Pessoa, e o Hospital Clipsi, em Campina Grande, estão entre os itens que vão a leilão promovido pela Justiça Federal no dia 30 deste mês. Juntos, os três imóveis estão avaliados em R$ 80 milhões.


O leilão judicial começa às 9h e vai ser realizado em três modalidades, sendo a presencial em João Pessoa, por videoconferência nas cidades de Campina Grande, Sousa, Monteiro, Patos e Guarabira, e também virtual para as demais cidades. Os detalhes do leilão podem ser conferidos no site Leilão Eficaz

O G1 entrou em contato com o hotel Ouro Branco e com a Clipsi, mas nos dois locais não conseguiu falar com as pessoas que poderiam dar informações sobre o leilão. Em contato com a concessionária que funciona no prédio que vai a leilão, a proprietária informou que o prédio é alugado e o fato não é de responsabilidade dela. 

De acordo com o edital do leilão, o Hotel Ouro Branco está avaliado em R$ 34 milhões, o prédio da Clipsi em R$ 27 milhões e o prédio onde funciona a concessionária, que fica na avenida Ruy Carneiro, avaliado em R$ 19 milhões. Os bens poderão ser arrematados por um preço mínimo a partir de 50% do valor da avaliação, conforme determina o Novo Código de Processo Civil.

Além de imóveis (apartamentos, casas, lotes e prédios comerciais), também vão ser disponibilizados automóveis, peças de vestuário e outros bens como mobília, combustíveis, máquinas industriais e celulares.

Podem participar do leilão pessoas com pelo menos 18 anos, bastando se apresentar e oferecer seus lances. "Para os lanços virtuais, no entanto, é necessário se cadastrar junto ao leiloeiro, até 24 horas antes da hasta pública. Os interessados devem acessar o edital no site Leilão Eficaz, onde constam os dados dos pregoeiros", explica o diretor de Secretaria da 5ª Vara Federal, Helio Aquino.

O evento se repete no dia 13 de junho, às 9h, também em João Pessoa, com as transmissões nas modalidades telepresencial e virtual.

G1 PB

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Um comentário:

  1. Comobfaz pra se cadastrar el o site, e assim participar do leilao?

    ResponderExcluir