Rádio Cenecista de Picuí

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Senador Cássio Cunha Lima coloca nome à disposição para encabeçar chapa em 2018

“Estou à disposição. Se for essa a decisão do meu partido e das forças coligadas vou estar à disposição, mas acho que é cedo para decidir isso. Vamos dar tempo ao tempo, mas estou à disposição”

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) disse nesta segunda-feira (10) que está à disposição do partido e do grupo das oposições para disputar o Governo do Estado na eleição de 2018. O tucano, no entanto, ponderou que ainda é cedo para discutir sobre a composição da chapa que concorrerá ao pleito do ano que vem.


“Estou à disposição. Se for essa a decisão do meu partido e das forças coligadas vou estar à disposição, mas acho que é cedo para decidir isso. Vamos dar tempo ao tempo, mas estou à disposição”, reforçou Cássio Cunha Lima.

O Tucano criticou o governador Ricardo Coutinho (PSB) por ele defender que o seu grupo apresente logo o nome do seu sucesso na briga pela administração estadual.  “Quem precisa lançar com tanta antecedência é quem não tem um candidato forte. Quem precisa fabricar em laboratório”, ironizou o senador.

Ele disse ainda que o grupo composto pelo PSDB, PSD, PMDB, PP tem vários nomes credenciados para disputar o governo do Estado. “Temos líderes que não precisam ser fabricados, que tem sintonia com a população. No tempo próprio vamos decidir quem vai disputar. Pretendemos manter essa composição e apresentar uma chapa muito competitiva no próximo ano. Eu estou à disposição, se for essa a decisão do partido”, reafirmou o Tucano.

Por fim, Cássio afirmou que um dos critérios para a composição da chapa majoritária é que os pré-candidatos tenham voto. “Ter voto é um dos critérios para formar a aliança, mas devemos lembrar que além do candidato a governador e vice temos duas vagas para o Senado. Será nessa visão mais ampla que vamos compor a chapa que vai disputar a eleição do ano que vem, mantendo os partidos das oposições unidos para formar uma chapa forte e competitiva”, comentou o senador.

Mislene Santos - Correio da Paraíba Online

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Nenhum comentário:

Postar um comentário