Rádio Cenecista de Picuí

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Professores da UEPB aprovam greve e cerca de 18 mil alunos ficam sem aula

Decisão foi tomada durante assembleia da categoria, realizada nesta quinta-feira na sede da Associação dos Docentes da UEPB (ADUEPB), em Campina Grande

Cerca de 18 mil alunos vão ficar sem aula a partir de quarta-feira (12) após os professores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) aprovarem, nesta quinta-feira (6), greve por tempo indeterminado.


A decisão foi tomada em assembleia da categoria, realizada na sede da Associação dos Docentes da UEPB (ADUEPB), em Campina Grande. Segundo a assessoria da ADUEPB, a greve vai atingir todos os campi da instituição.

As principais reivindicações da categoria são: reajuste de 23,51% nos salários, retorno do pagamento integral do duodécimo aprovado pela Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), mas que não vem sendo cumprido pelo Estado e revogação da portaria de corte de gastos.

Ainda segundo a assessoria da ADUEPB, a categoria aguarda posicionamento do governo do Estado sobre um pedido de reunião para abertura de diálogo sobre as reivindicações.

Halan Azevedo - Portal Correio

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”