Rádio Cenecista de Picuí

sábado, 8 de abril de 2017

Humorista Cristovam Tadeu é achado morto no apartamento onde morava em JP

Segundo amiga, ele teria sido achado desacordado na manhã deste sábado, no apartamento onde morava no Centro da Capital
Reprodução/Facebook
Cristovam Tadeu
O humorista Cristovam Tadeu morreu neste sábado (8), aos 54 anos, no apartamento onde morava, no Centro de João Pessoa. A informação foi confirmada por parentes e amigos e a suspeita é que ele tenha sofrido uma parada cardíaca.


Segundo a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, que era amiga do humorista, ele não acordou cedo como de costume e quando a filha dele foi verificar, percebeu que ele estava morto.

O velório está programado para ocorrer às 16h deste sábado (8), na funerária São João Batista, no bairro da Torre, em João Pessoa. O sepultamento de Cristovam, que também era diretor de programação e artístico da rádio Tabajara, do governo do Estado, será as 11h deste domingo (9), no Cemitério Senhor da Boa Sentença, também na Capital..

Trajetória

Natural de Cajazeiras, a 470 km de João Pessoa, Tadeu foi o humorista que deu início ao estilo ‘one-man-show’ na Paraíba. Ele começou a carreira como ator, nos anos 1980 e em 82, aos 20 anos, já fazia shows de humor com o espetáculo ‘Prá Morrer de Rir’. O artista paraibano seguiu pelos anos 80 lançando talentos, fazendo apresentações, dirigindo peças de teatro e criando espetáculos.

Em 1989, em São Paulo, fez parte de programas de televisão e nos anos 2000 integrou o elenco do programa ‘Show do Tom’, da Record TV, brincando com o cantor Caetano Veloso ao interpretar o personagem Gaetano Velhoso.

Mais recentemente, chegou a interpretar o dramaturgo paraibano Ariano Suassuna, a quem se dedicou o estudando por 18 anos, e, atualmente, era diretor de Programação e Artístico da Rádio Tabajara AM e FM, em João Pessoa.


O governo da Paraíba divulgou nota de pesar pelo falecimento do artista. 

"O Estado expressa todo o pesar pelo falecimento do jornalista e humorista paraibano, Cristovam Tadeu. 

Hoje, não provocou risos. Apenas uma profunda tristeza. Mas sua existência estará sempre guardada na memória daqueles que conviveram com ele e que, mesmo sem desfrutar de sua relação pessoal, tiveram a alegria de vê-lo em ação. 

Que Deus conforte toda a família e amigos. E o receba de braços abertos. Tal qual o próprio Cristovam gostava de se apresentar sempre".

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), também divulgou nota lamentando a morte do artista.

"Foi com tristeza que recebi hoje a notícia da morte prematura do humorista paraibano Cristovam Tadeu. Artista brilhante, se destacou pelo humor, criatividade e irreverência, ganhando destaque em todo o País, estrelando programas de humor em rede nacional e imortalizando imitações de celebridades como Caetano Veloso e o Arcebispo da Paraíba Dom Marcelo Carvalheira. Aos seus familiares, amigos, colegas de trabalho e admiradores deixo o meu profundo sentimento de solidariedade e desejo-lhes toda a força e paz necessária neste momento de pesar. A Paraíba hoje se veste de luto e o humor fica mais pobre".

Portal Correio

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”