Rádio Cenecista de Picuí

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Carregador de celular pega fogo ao ser utilizado e derrete tomada, na Paraíba

O equipamento e o cabo eram genéricos. Confira dicas de como evitar acidentes com carregadores
Foto: Daan Costara/Reprodução
Carregador pegou fogo
durante o uso em João Pessoa
Um carregador de celular pegou fogo e explodiu enquanto estava sendo utilizado numa casa em João Pessoa, no último domingo (2). A tomada onde estava o carregador derreteu e a parede ficou com marcas das chamas. Ninguém ficou ferido e nem o aparelho sofreu danos. O carregador e o cabo eram genéricos.


Dann Costara, publicitário de 33 anos, tinha esquecido o carregador do seu celular na agência onde trabalha. Fim de semana, ele não quis voltar ao trabalho só para buscar o carregador e preferiu comprar um genérico no caminho de casa - na segunda-feira ele pegaria o original novamente. Segundo ele, o carregador parecia ser bom: “tudo muito bonito, bem feito”.

No domingo, ele coloca o aparelho para carregar em casa até que acontece algo nada legal. “Só deu tempo de eu passar um café. Coloquei para carregar, fui na cozinha e logo vi um flash”, conta o publicitário. “O carregador explodiu, derreteu a tomada e a parede ficou toda preta”. “Comprei o carregador e o cabo genéricos da Samsung e meu celular é da Motorola. Ele era muito bem feito, engana qualquer um”, completa Dann.

O publicitário postou no seu perfil do Facebook a foto da tomada destruída e nos comentários é possível ver várias pessoas que confessam que colocam o celular para carregar e continuam usando.

Ele responde a um dos comentários dizendo que era algo comum para ele colocar para carregar e dar “aquela conferida enquanto carrega”. Em outro, Dann diz: “Até agora era uma mentira de internet. Uma conspiração de marcas. É uma coisa que é tratada como boato de rede social, mas é perigoso mesmo".

Tomada pegou fogo após carregador explodir em João Pessoa (Foto: Dann Costara/Reprodução)
Prevenção de acidentes com carregadores
O Corpo de Bombeiros da Paraíba dá dicas de como evitar esse tipo de acidente envolvendo aparelhos eletrônicos. A dica fundamental é realmente não usar o aparelho enquanto ele está carregando para que não aconteça problemas maiores; mas é importante também não deixar o celular carregando próximo a materiais inflamáveis (colchão, almofadas, lençóis) pois pode causar um incêndio.

Veja dicas da tenente Jinarla, da Diretoria de Atividades Técnicas do Corpo de Bombeiros.

  • Não puxar o carregador pelo fio. Quando isso é feito os fios internos se soltam e deixam de carregar corretamente, podendo acontecer uma sobrecarga do dispositivo;
  • Não deixar o celular carregando próximo a materiais inflamáveis. Mesmo que não esteja sendo manuseado, o aparelho e/ou o carregador podem pegar fogo e incendiar objetos ao redor como colchões, almofadas, cortinas, lençóis etc.;
  • Não utilizar o celular enquanto estiver carregando. Essa atitude exige muito do aparelho - que naturalmente já esquenta - e pode superaquecer, causando um incêndio ou mesmo danificando o eletrônico;
  • Não comprar carregadores e/ou cabos genéricos. A Anatel não tem como garantir a procedência desses dispositivos que podem ter uma tendência muito maior para acontecer problemas.

G1 PB *Sob supervisão de Taiguara Rangel

Para postar um comentário:

É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”