Rádio Cenecista de Picuí

segunda-feira, 13 de março de 2017

Bomba quebra e chegada de águas da Transposição no açude de Boqueirão atrasará

Herbert Targino revelou em entrevista, que uma bomba da Estação Elevatória (EV6), que joga água de Sertânia (PE) para o açude de Poções, quebrou e a vazão de água está sendo oferecida pela metade 

O procurador de Justiça do estado da Paraíba e membro do Comitê de Gestão da Crise Hídrica na Paraíba, do Ministério Público Estadual (MPPB), Herbert Targino, revelou, em entrevista exclusiva ao Portal WSCOM, na tarde desta segunda-feira (13), que uma bomba da Estação Elevatória (EV6), que joga água de Sertânia (PE) para o açude de Poções em Monteiro, no Cariri paraibano, quebrou e a vazão de água do rio São Francisco está sendo oferecida pela metade – apenas com a bomba cedida pelo Governo de São Paulo.


Em vez de 9 metros cúbicos por segundo, só está chegando 4,5 metros cúbicos por segundo”, informou.

Segundo o procurador, a comissão do MPPB está mantendo contatos para solucionar a questão, mas o problema irá retardar a chegada das águas no açude de Boqueirão, que abastece Campina Grande e região. “Demorará mais dias para a água chegar a Boqueirão”, revelou. 

Nesse domingo (12), o açude de Poções começou a renascer águas, após a abertura de comportas em Sertânia.

WSCOM

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Nenhum comentário:

Postar um comentário