Rádio Cenecista de Picuí

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Taxista abre porta-malas e pula de carro em movimento para se livrar da morte em Campina Grande

Segundo a PM, o taxista decidiu pular do carro ao ouvir que os homens iriam matá-lo

Mais um taxista é vítima de assalto na cidade de Campina Grande, no Agreste do estado. O fato aconteceu no início da madrugada desta sexta-feira (9) onde a vítima de 36 anos foi agredida a coronhadas, mas conseguiu se livrar dos criminosos.


De acordo com a Polícia Militar, quatro homens pegaram uma corrida no Centro, próximo ao Terminal de Integração, e tinha como destino o bairro do Alto Branco. O grupo perguntou o preço e após o taxista falar o valor, os jovens concordaram. O trabalhador não desconfiou de nada, imaginando ser uma corrida normal.

Ainda segundo a PM, já dentro do carro, pouco tempo depois, os homens anunciaram o assalto e colocaram o taxista porta-malas do veículo. Em determinado momento, o taxista escutou que os homens iriam matá-lo e decidiu pular do carro, quando o carro trafegava pela rua Edésio Silva, no bairro da liberdade.

Com arranhões, a vítima pediu socorro ao Samu e a Polícia, que prestaram atendimento encaminhando o taxista para o Hospital de Trauma da cidade. A vítima já recebeu alta médica. O carro e os criminosos ainda não tinham sido localizados até a publicação da reportagem.

Hyldo Pereira - Portal Correio, com colaboração de Lauricéia Barros, TV Correio CG

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”