Rádio Cenecista de Picuí

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Noivo de socorrista do SAMU de São Vicente do Seridó morre carbonizado em acidente de carro na Bahia

O acidente aconteceu por volta de 5 horas da tarde, no km-216 da BR-101, na cidade de Muritiba, região do Recôncavo Baiano
Foto: Fábio Santos
Pablo Rodrigues tinha 26 anos e era
noivo de uma socorrista do SAMU de
São Vicente do Seridó, na Paraíba
O jovem Pablo Rodrigues, de 26 anos, natural de Campina Grande - PB, morreu na tarde do último domingo, 04, após uma colisão frontal entre dois carros no km-216 da BR-101, na cidade de Muritiba, região do Recôncavo Baiano. O acidente aconteceu por volta de 5 horas da tarde e, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao baterem os dois carros saíram da via e pegaram fogo. Os condutores não conseguiram sair dos automóveis e morreram carbonizados no local.


A polícia não soube precisar o motivo do acidente, mas suspeita que um dos veículos tenha realizado uma ultrapassagem proibida. Além dos motoristas não havia mais passageiros nos veículos.

Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica de Santo Antônio de Jesus - BA. Viaturas do Serviço Móvel de Urgência (SAMU) estiveram no local, mas nada puderam fazer para socorrer às vítimas. Por conta do acidente o trânsito ficou bastante congestionado.

Carros foram tomados pelo fogo
(Foto: Fábio Santos)
Segundo informações de amigos repassados ao São Vicente Agora, Pablo, que é noivo de uma socorrista do SAMU de São Vicente do Seridó - PB, voltava da cidade de Serra, no Estado do Espírito Santo, onde trabalhava, e seguia para Campina Grande - PB, onde reside seus pais.

Há três dias que a família não tinha notícias de Pablo e só ficou sabendo do acidente fatal nesta terça feira 06, por conta que a PRF localizou o proprietário do carro através da placa do veículo e ligou para informar sobre o acidente.

De acordo com o Dr. Ricardo Nery, coordenador regional do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Antônio de Jesus - BA, há uma grande probabilidade que a identificação dos corpos carbonizados só seja feita mediante exame de DNA e a liberação dos corpos proceda somente após a chegada dos resultados.

O outro motorista não teve a identidade revelada. O pai e a mãe de Pablo, seguiram para a cidade de Santo Antônio de Jesus para ajudar na identificação do corpo e posteriormente fazer o traslado para à Paraíba.

O trânsito ficou congestionado no local do acidente (Foto: Fábio Santos)
São Vicente Agora

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Nenhum comentário:

Postar um comentário