Rádio Cenecista de Picuí

sábado, 10 de dezembro de 2016

Jovem é morta por engano após suspeito confundi-la com ex-mulher

Caso foi registrado na cidade de Brejo do Cruz, no Sertão da Paraíba. Suspeito avistou a vítima com um homem em uma mesa, diz polícia

Uma mulher de 24 anos foi morta após ser baleada por engano em um bar na cidade de Brejo do Cruz, no Sertão paraibano, na noite de sexta-feira (9). Segundo informações repassadas pelo soldado Jair, da 2ª Companhia do 12º Batalhão de Polícia Militar, o suspeito acreditou que a vítima fosse uma ex-mulher, que no momento do crime estava acompanhada de um homem na mesa do bar.


De acordo com o soldado Jair, o suspeito, de 37 anos, passou pela frente do bar por volta das 20h (horário local) e avistou uma mulher que seria uma ex-companheira com um outro homem na mesa, fato que teria motivado os disparos. “Ele passou pelo bar, viu os dois, foi em casa, pegou o revólver e chegou atirando”, comentou. A mulher foi baleada e ainda foi encaminhada para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O suspeito foi preso em flagrante e a arma usada no crime apreendida. De acordo com a Polícia Militar, durante a prisão, o suspeito contou várias versões e aparentava estar embriagado. “Ele começou a falar coisas sem sentido, que a mulher teria feito ameaças de morte, depois que não a conhecia”, explicou o soldado Jair. O homem que estava com a jovem na mesa do bar também foi atingido, mas sem gravidade, segundo a polícia.

Após a prisão em flagrante, o suspeito foi levado para delegacia de São Bento, cidade vizinha a Brejo do Cruz. A princípio, conforme levantamento da Polícia Militar, o suspeito não tinha passagens pela polícia. Na delegacia ele deve prestar depoimento e permanecer preso à espera da audiência de custódia.

G1 PB

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”