Rádio Cenecista de Picuí

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Campina Grande vive primavera mais quente de sua história, diz Aesa

Temperaturas estão chegando até 34ºC durante as tarde. Segundo Aesa, média história é de até 30ºC
Foto: Ligia Coeli/Arquivo
Sensação térmica pode ser de até 3ºC a mais, em locais com asfalto e prédios
A cidade de Campina Grande, no Agreste paraibano, está vivendo a primavera mais quente de sua história. A informação foi confirmada pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), que chega a chamar esta temporada de “Verão de Primavera”, nesta quinta-feira (9).


Segundo os dados da Aesa, nesta primavera, Campina Grande está chegando a atingir 34º C, podendo ter uma sensação térmica de até 3ºC a mais, dependendo do local.

As temperaturas máximas estão sendo atingidas entre 15h e 16h (horário local). “Os locais com mais asfalto e prédios são os que têm maior sensação de alta temperatura, como o Centro da cidade”, disse a meteorologista Marle Bandeira.

De acordo com a meteorologista, isso está ocorrendo porque um sistema está afastando as nuvens. “É a persistência de um sistema de alta pressão sobre o Nordeste do Brasil que inibe a formação de nuvens. Ou seja, o céu fica praticamente sem nuvens e isso faz com que a radiação solar incida diretamente sob a superfície”, explica Marle Bandeira.

Conforme os dados da Aesa, historicamente as temperaturas mais altas registradas nas primaveras em Campina Grande são em média de até 30ºC. Para o Verão, que começa depois do dia 21 de dezembro, a Aesa estima temperaturas de até 32ªC.

G1 PB

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Nenhum comentário:

Postar um comentário